Queijo Falso, Sucedâneo de Queijo, Análogo de Queijo, Queijo Artificial = Lixo Alimentar


Já tinha ouvido falar, até já sabia que existem pizzarias e alguns fabricantes de comida plástica que utilizam esta bazófia, mas nunca pensei, eu próprio ser enganado, eu que leio cada embalagem, cada rótulo, cada ingrediente. Não porque seja maluquinho mas porque faz parte do meu trabalho... Já dizia a minha mãe: no melhor pano cai a nódoa! e que nódoa!
Não é coisa que compre muito a miúdo, mas esta saquinha de queijo ralado que esta na imagem estava a olhar para mim na prateleira junto de outras muito idênticas, nem sei se terá sido a imagem que está na embalagem, daquela fatia de pizza com queijo derretido a escorrer de forma pornográfica e completamente irresistível, se foi apenas a vontade de não ter que ralar queijo em casa, mas a verdade é que comprei. Este tipo de queijo hoje em dia vem com amido de milho ou trigo a servir de anti-aglomerante, no fundo para que o queijo ralado não se cole todo, por isso é que não costumo comprar e quando o faço não compro qualquer um. E por isso mesmo estou furioso comigo próprio, por nem sequer ter conferido a lista de ingredientes desta embalagem.

O que é certo é que não podia deixar de partilhar e alertar a todos, os que assim como eu, se preocupam com o que metem à boca, que existem no mercado cada vez mais aberrações deste género a serem comercializadas como se de um alimento se tratasse. 
Isto não é um alimento é um produto de pura química alimentar como pedem constatar na lista de ingredientes: 



Trata-se de uma mistura macabra de óleo de palma, água, amido, caseína e os truques do costume, neste caso uns sais (ácido cítrico, citrato de sódio e fosfato de sódio) que funcionam como emulsionantes, umas gomas como estabilizantes, o sorbato de potássio (E202) como conservante, celulose como anti-aglomerante e pronto! Bruxedo concebido!!

Na verdade nem posso dizer que me tenham enganado, porque esta embalagem não diz "queijo" em lado nenhum! Mas o problema é mesmo esse, não diz mas parece, aliás, faz-se passar por queijo, pois a própria imagem com a dita pizza induz em erro! todos sabem o que leva a pizza por cima, QUEIJO!! e não um monte de gordura com farinha e uns pós à mistura!

Antes de deitar ao lixo esta embalagem, pois já tinha aberto e por isso não podia devolve-la, uma curiosidade mórbida invadiu-me e coloquei um pouco deste pseudoqueijo no microondas, só para verificar como seria o aspecto derretido, até porque foi essa imagem que terá provocado em mim tal apneia cerebral que não me deixou ver o lixo que estaria a comprar.

Deixo a seguir uma fotografia que prova a real bosta que este produto é! Desculpem a linguagem mas de facto não encontro adjetivo mais completo para descrever este pedaço de nhanha...



O cheiro a óleo é insuportável e o aspecto meloso e nojento em que aquele ralado todo bonito se transformou em nada se parecia com aquela imagem de pizza que me fez cometer o pecado.
Deixo aqui o alerta e sobre tudo o aviso aos consumidores menos atentos, já que as autoridades alimentares consideram isto um alimento e não obrigam os fabricantes a informar o consumidor de se tratar de um análogo ou sucedâneo e não de um queijo verdadeiro. No fundo o que interessa é que se paga impostos tá ok.
A legislação não permite que estes produtos tenham o nome de "Queijo" e de facto este não tinha, mas o problema é que se não estiverem atentos compram gato por lebre. Também é importante referir que muitas pastelarias, pizzarias e outros estabelecimentos usam estes análogos do queijo (mais baratos). Por isso a próxima vez que pedirem uma tosta mista exijam que seja com queijo verdadeiro.

Como nota final deixo a tabela nutricional deste junk, e como seria de esperar nada tem a ver com o queijo! Tabela esta que nem vou comentar porque fala por si própria, se pelo menos tivesse olhado para ela!... 



Se conhecem ou se também já foram enganados com produtos do género, partilhem a vossa experiência nos comentários.
Não quero imaginar pizzas, lasanhas, e até francesinhas feitas com esta W3RD@




5 comentários:

  1. Também quase que já fui enganado por isto ou algo semelhante no Jumbo. O pior é que na etiqueta do preço estava referido como "queijo mozzarella"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esses casos são graves José, pois não podem chamar de queijo a este tipo de produtos! olhos bem abertos!

      Eliminar
  2. óleo de palma...simplesmente a pior de sempre. sem duvida o vilão das nossas vidas e está presente em praticamente todos os produtos industrializados.

    ResponderEliminar